Vereadores aprovam 282 requerimentos em benefício da população campinense

Em sessão ordinária realizada na manhã desta quarta-feira (22), a Câmara Municipal de Campina Grande debateu e aprovou um total de 282 requerimentos. A maioria trata de soluções nos setores de infra-estrutura e trânsito da cidade de Campina Grande. As matérias serão encaminhadas aos setores competentes da administração pública.

“Tivemos uma manhã bastante produtiva, com o debate focado na pauta de votação. Dessa forma, aprovamos importantes matérias em benefício do coletivo”, explicou a vereadora e presidente Ivonete Ludgério (PSD). De sua autoria, destaque para um requerimento solicitando ao Governo do Estado inserção de taxas de licença da Gevisa e do Corpo de Bombeiro em favor da instituição filantrópica Casa da Criança Dr. João Moura.

Outro requerimento de destaque, de autoria do vereador Sargento Neto (PRTB), solicitou ao prefeito Romero Rodrigues a intenção de 20% do valor do IPTU para policiais militares, bombeiros, policiais civis, guardas municipais e agentes penitenciários residentes em Campina Grande. De acordo com o vereador, toda a categoria sofre com defasagem salarial e essa isenção em parte do imposto seria um importe suporte para os profissionais da segurança pública.

Entre os requerimentos solicitando ajustes no setor de segurança pública, foi solicitado pelo vereador Saulo Noronha (SD) a implantação de um posto policial na rua 15 de Novembro, no bairro da Palmeira, atendendo reivindicações da população local. Já o vereador Janduy Ferreira (PT do B) requereu do Governo do Estado que fosse elaborado estudos para o retorno da Operação Manzuá na cidade de Campina Grande, como medida de combate aos altos índices de criminalidade que assola o município.

Entre as dezenas de matérias direcionadas à Prefeitura campinense, foi aprovado um requerimento pedindo a implantação de um Centro de Tratamento de Animais, de autoria do vereador Márcio Melo (PSDC); além da solicitação para realização da Semana de Orientação a Gravidez nas escola públicas municipais, de autoria do vereador João Dantas (PSD), líder da bancada governista na Casa de Félix Araújo.

Plenário em Foco

Compartilhar: