Prefeito de Campina Grande reduz salário dele, do vice e corta gratificações

Romero Rodrigues diz que objetivo da medida é ‘evitar demissões em massa’.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, assinou na tarde desta terça-feira (15) um decreto que reduz em 20% o salário dele, em 10% o do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro, e em 10% de quem tem gratificação a partir de R$ 2 mil, no âmbito das administrações direta e indireta da prefeitura. A decisão entrou em vigor a partir deste mês de novembro, em vigência por 180 dias.

Segundo o prefeito, a medida tem o intuito de “evitar demissões em massa”. O documento também determina um maior controle nos gastos de custeio, a exemplo de diárias, horas extras, telefone, água, energia e outros.

De acordo com o secretário de Finanças e Receita do Município, Joab Pacheco, o repasse da última cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) teve uma redução de 50% do estimado.

Fonte: G1 – Paraíba

Compartilhar: