Romero entrega segunda escola pública bilíngue de Campina Grande

Menos de seis meses depois de criar um modelo pioneiro em redes municipais do Nordeste que une o ensino regular de dois idiomas com a realização de atividades em dois turnos, o prefeito Romero Rodrigues formalizou nesta quarta-feira (26) a implantação da segunda escola em tempo integral bilíngue do Sistema Municipal de Ensino de Campina Grande.

A unidade escolhida para receber a nova proposta pedagógica foi a Escola Municipal Cassiano Pascoal Pereira, que além da mudança em sua modalidade de ensino também passou a funcionar em um novo prédio, adquirido através de um investimento de R$ 2,5 milhões em recursos próprios do município.

Localizado na Liberdade, o Cassiano Pascoal é a única escola pública do bairro que atende crianças da Pré-escola ao 5º ano do Ensino Fundamental.

A mudança para as novas instalações, totalmente reformadas pela Prefeitura, atende a uma demanda antiga da comunidade, uma vez que o prédio em que a escola funcionava era alugado e pequeno para atender as necessidades dos alunos.

“Alguém precisava ter a coragem que eu tive de comprar essa área, que era uma grande necessidade da comunidade. Aqui nós não devemos mais nada a ninguém e as crianças podem estudar com a dignidade que elas merecem”, afirmou Romero, ao destacar que tão importante quanto o novo prédio é a decisão de implantar na unidade o ensino em tempo integral bilíngue.

“Eu estou dando a essas crianças a chance que eu não tive de ser alfabetizado em dois idiomas. No futuro esses alunos terão a chance de competir com igualdade com qualquer pessoa do Brasil e do mundo”, acrescentou.

Ainda falando sobre os investimentos do governo municipal na área de Educação, o prefeito reafirmou seu compromisso com a condução das políticas públicas voltadas para os alunos e os profissionais de educação de Campina Grande.

“Não podemos simplesmente achar que nós não temos capacidade de gerir a Educação e resolver terceirizá-la, passando adiante uma responsabilidade que é nossa. Tenham certeza que enquanto eu estiver na prefeitura nós não vamos privatizar a Rede Municipal de Ensino. Aqui em Campina Grande ao invés de vender ou de privatizar a Educação, nós investimos, como fizemos nesta escola”, ressaltou.

Já a secretária de Educação do município, Iolanda Barbosa, explicou que o trabalho realizado no Cassiano Pascoal será o mesmo desenvolvido na Escola Municipal Estudante Leonardo Vitorino, primeira escola bilíngue do município, que em cinco meses de funcionamento já apresenta excelentes resultados.

“As crianças vão permanecer na escola nos dois turnos, sendo um de atividades regulares e outro de atividades lúdicas, como oficina de teatro e educação ambiental. Para que o ensino da Língua Inglesa fosse inserido nessa rotina escolar, nós investimos na compra de material pedagógico específico e estamos promovendo uma formação continuada para todos os profissionais que trabalham em nossas duas escolas bilíngues”, pontuou.

Além dos secretários e auxiliares da administração direta e indireta, também participaram da solenidade desta quarta-feira vereadores, lideranças comunitárias, pais, alunos e profissionais do Sistema Municipal de Ensino.

 

Fonte: Codecom – PMCG

Compartilhar: